Sons of Anarchy rewind: Criador Kurt Sutter elogia personagem Unser de Dayton Callie

Dayton Callie

Dayton Callie como Unser foi uma das maiores surpresas para Sutter. Crédito da foto: FX Networks

Mais de uma década antes, 2008 foi outro ano desafiador para muitos. Naquela época, uma sedutora série de televisão chamou muita atenção na FX Network.



O show ressoou com uma ampla faixa de humanidade, de verdadeiros motoqueiros a avós amorosas, de adolescentes a idosos. Na verdade, quase todos os caminhos da vida aguardavam o capítulo semanal do MC fictício conhecido como Sons of Anarchy, operando em Charming, Califórnia.





O elenco de personagens memoráveis ​​fez com que os espectadores adotassem imediatamente a história rica em temas de lealdade, vingança, fraternidade, contrastes de classes e divisões racialmente carregadas.

A qualidade única de Sons of Anarchy

Em uma série que regalou com contos encharcados de testosterona de um MC de 1 por cento, suas mulheres foram as que deixaram uma marca para muitos.



A série apresentou Katey Sagal, a esposa do showrunner Kurt Sutter (Mayans MC, The Shield) em um papel de rainha assassina em que ela destruiu qualquer outro personagem feminino anti-herói fictício na telinha na história da TV.



Como a matriarca, Gemma Teller de Sagal era o alfa e o ômega de toda a ação, apesar da tendência masculina da série. Seu filho Jax (Charlie Hunnam) foi o príncipe herdeiro que finalmente enfrentou seu segundo marido (Ron Perlman como Clay) em uma história complexa e cheia de camadas que durou sete anos e que ainda conta com fãs apaixonados até hoje.

A esposa de Jax, Dra. Tara Knowles (Maggie Siff) foi brilhantemente emparelhada em uma cena com sua sogra, com quem ela suportou uma relação distorcida que acabou levando à sua ruína.



quando termina o mangá haikyuu

Veja este vídeo no YouTube

Qual personagem surpreendeu Sutter em Sons?

Era Wayne Unser - Charming, ex-chefe da polícia da Califórnia - que era dedicado a Gemma e que protegia os Filhos por causa de seu amor por ela.

Sutter usou a mídia social para se comunicar com a base de fãs de SOA.



Em uma chamada aberta para os fãs fazerem uma pergunta a ele, Monstros e Críticos queriam saber quais atores o surpreenderam em performances de papéis que ele havia escrito em um quadro bidimensional, mas que explodiram seus papéis com uma interpretação que influenciou seus personagem ainda mais.

Sutter respondeu na terça-feira.

Acho que cada ator me surpreendeu de maneiras diferentes. Todos eles levaram seus personagens em direções que eu nunca imaginei, disse ele, acrescentando, acho que a maior surpresa da história foi o personagem de Dayton Callie, Unser. Ele era um personagem meio assado no segundo episódio ...

Conforme planejado, Callie não foi feita para durar o desafio da série.

No entanto, os fãs sabem que seu personagem Wayne Unser foi fundamental para todo o arco da série. Ele cresceu nos telespectadores de maneiras que eram ao mesmo tempo engraçadas e comoventes.

Sua devoção a Gemma salvou SAMCRO mais de uma vez, ganhando-lhe um lugar perto da famosa mesa SAMCRO, onde a família tomava decisões de vida ou morte com o estrondo do martelo.

O ceifeiro poupou Callie até Jax atirar nele na 7ª temporada. Ele o fez em uma série violenta com lentes cinematográficas e cheia de ação, na qual muitos atores não sabiam se iriam ou não sobreviver até o final da temporada.

Como uma homenagem a Callie, aproveite para retroceder.


Veja este vídeo no YouTube


Veja este vídeo no YouTube